ATACTEAM BIO

A equipa ATACTEAM vem por este meio anunciar que optou na integra por BBs BIO em tudo o que é jogo de Mato, Hoje foram feitos testes com as mesmas e não se verifica alteração alguma na qualidade de uma BB BIO em relação a uma normal, portanto meus amigos não é por uma questão de mais 1 euro nos pacotes comprados, que um tipo vai largar kilos de plástico nos campos quer nossos quer alheios. Já tínhamos elementos que o faziam há muito tempo mas agora é para todos. A ATAC assumiu a sua postura, publicamente, direccionada para uma consciência ecológica. Sejam Responsáveis e pelo menos no mato usem BIO

Did you like this? Share it:

Coldres – Tipos


Coldres de Cintura ou de Perna eis a questão.

É muito simples, a escolha é apenas uma questão de estética pessoal , cada um adquire o que acha que lhe dá mais estilo, no entanto fica aqui uma breve explicação sobre os dois géneros.

 

Coldre de Cintura

s-l500_41_9bc257f1-6600-4aa9-b50e-6c4c7f279181
Este género de coldre é muito usado para quem faz tiro prático devido à sua facilidade de “saque rápido“, é usado mundialmente pela forças policiais regulares devido a facilidade de acesso pelo operacional e também por ser mais discreto.


 – – – – – –


Coldre de Perna
tactical-leg-holster-6

Este serve sobretudo para quem tem um tipo de actividade que tenha que entrar e sair de viaturas , pois o coldre na perna é mais fácil de aceder à arma quando se está sentado, é muito usado por forças especiais militares e policiais.


 – – – – – –


Coldre Intermédio cintura/ Perna

od-dropgleg-875x1000
Recentemente vê-se muito nos Navy Seals e outras forças de combate usar o coldre de perna muito subido quase junto da cintura, este método é um intermédio entre os dois e permite, entre outras situações,  correr com mais facilidade ( o coldre não bandeia na corrida causando desequilíbrio ao operacional), também facilita a entrada e saque em viaturas e o saque é mais mais rápido do que o tradicional de perna.
Para fazer  isto basta subir o coldre de perna o máximo possível e retirar uma das fitas tensoras que prende à perna deixando apenas a mais posterior ( a de baixo).
Existem também modelos de coldres no mercado já feitos com este propósito. 

Did you like this? Share it:

Camuflagem Natural

A Camuflagem Natural nos animais, desde que sejam mamíferos, caçadores ou predadores, é muito simples e na sua maioria apenas têm 3 Cores Base, Tan (beije), o Light Gray (cinza claro) e o Dark Gray (cinza escuro).
A disposição destas “3 Cores” pode variar em intensidade (mais intenso ou menos intenso) e na forma (textura)  consoante os animais.
Desde listas a pontilhado passando por manchas lisas, existe na Natureza um número elevado de variantes.
Em regra nos mamíferos não existem as cores verdes e as suas “3 Cores” servem perfeitamente para se camuflarem junto do solo ( Tan – cores de chão) ou na penumbra (Cinzas – cores de sombra).
Existem camuflados actuais que são baseados neste principio “adoptado” pelos animais, como é o exemplo do padrão camuflado A-TACS AU.
Alguns animais como é o caso dos tigres possuem um “Tan” muito intenso chegando mesmo à cor laranja e a isto deve-se ao facto destes animais começarem a sua caçada ao pôr-do-sol onde a luz se torna alaranjada reflectida na vegetação baixa/ media, erva seca sobretudo.
Já outros camuflados como o Kryptek são baseados em cores, tons e formas dos répteis.

animais-camoanimais-camo_2

Did you like this? Share it: